100% made in Italy

“A mulher é  multifuncional nos negócios”

Especial Mulheres Empreendedoras

Talento e dedicação elas têm. O que falta mesmo é erradicar de vez paradigmas e preconceitos quanto a posição da mulher à frente do seu próprio negócio, empreendendo e conquistando o seu espaço cada vez mais.

No mercado de beleza, por exemplo, é mais comum, frequente e acessível a abertura de um negócio por mulheres, seja ele formal ou informal. O estável negócio no ramo da beleza e a crescente preocupação de homens e mulheres por uma boa aparência mantêm o mercado sempre aquecido.

Uma pesquisa intitulada “Quem São Elas” e publicada em 2016 pela RME (Rede Mulher Empreendedora) apontou – dentro da sua metodologia aplicada – que 59% empreendem no setor de serviço.

Com trabalhos desenvolvidos nos setores de eventos, desfiles de moda e shows aos 16 anos de idade, Simone Tinelli que hoje é maquiadora, cabeleireira, visagista e caracterizadora de personagem é uma dessas mulheres que decidiu criar seu próprio negócio. “Comecei primeiramente com a escola de maquiagem, onde tive a necessidade de passar os meus conhecimentos adquiridos durante os anos que trabalhei em empresas de beleza. Via no mercado uma oportunidade de expandir meu nome, minhas técnicas e meu conhecimento, e resolvi abrir meu Ateliê pequeno, mas de alta qualidade de ensino”, diz Simone.

Segundo ela, o Ateliê de Maquiagem, localizado em São Paulo, foi o seu maior sonho concretizado. O espaço oferece cursos de automaquiagem, maquiador profissional, entre outros. Para ela, a importância da mulher empreendedora é o desafio de conseguir administrar tudo. “A mulher é multifuncional, pois ela tem seus negócios, família e filhos que precisa estar em comunhão para que tudo dê certo,” afirma. Atualmente ela também dedica seu tempo para a Donna Barba Barber&School, ministrando disputados cursos de barbearia e inovando mais uma vez ao se destacar nesse universo que costuma ser tão masculino.

A iniciativa de Simone e de muitas outras mulheres empreendedoras, reflete positivamente não apenas na economia do país como um todo, mas em exemplos e experiências que motivam outras mulheres que planejaram e ainda não conseguiram começar.

Apesar de algumas dificuldades que surgem no caminho das empreendedoras, ou das que sonham em empreender, nos últimos anos o cenário tem sido positivo. Segundo o SEBRAE, nos últimos 14 anos, o número de empresárias subiu 34%.

Os dados motivam a realização do sonho, mas para iniciar um negócio é preciso focar em alguns detalhes importantes. E a Simone Tinelli compartilha conosco algumas dicas que foram fundamentais para o seu crescimento. “Primeiramente ter dinheiro reservado para isso, caso não tiver, colocar tudo na ponta do lápis antes de entrar num financiamento bancário, pois seu empreendimento sairá do menos zero. Orçamento de gastos, planilha de custos fixos e variáveis, fluxo de caixa, funcionários, tudo isso precisa estar no papel para se ter uma visão macro do negócio. Depois tem que destrinchar item a item para não ter surpresas no final do mês. Tudo tem que ser bem planejado, estudado e realizado com carinho, amor e atenção.”

Receba novidades e descontos

Siga o nosso instagram

@parlux.brasil